Mensagem para o dia da Vida Consagrada

            MENSAGEM AOS MEMBROS DAS NOVAS COMUNIDADES,FIÉIS LEIGOS E RELIGIOSOS E RELIGIOSAS PARA O DIA DA VIDA CONSAGRADA

Novas Comunidades: Uma Escola de Santidade «Tu me consagrarás todo primogênito,tanto homem ele será meu» (Êx 13,2)

Queridos irmãos e irmãs membros das Comunidades Novas,Movimentos Eclesiais,religiosos e religiosas,leigos e leigas,estamos celebrando no dia 02 de fevereiro de 2013,o Dia da Vida Consagrada,estou abordando esse tema “Novas Comunidades: Uma Escola de Santidade” para darmos um passo para a nossa santidade.O Catecismo da Igreja Católica afirma que“Os leigos,em virtude de sua consagração a Cristo e da unção do Espírito Santo,recebem a vocação admirável e os meios que permitem ao Espírito produzir neles frutos sempre mais abundantes.Assim,todas as suas obras,preces,e iniciativas apostólicas,vida conjugal e familiar,trabalho cotidiano,descanso do corpo e da alma,se praticados no Espírito,e mesmo as provações da vida,pacientemente suportadas,se tornam ‘hóstias espirituais,agradáveis a Deus por Jesus Cristo’ (1Pd 2,5),hóstias que são piedosamente oferecidas ao Pai com a oblação do Senhor na celebração da Eucaristia.”(cf.CIC 901).

O Papa Bento XVI,na Exortação Apostólica Verbum Domini,afirma com clareza: “A vida consagrada resplandece,em toda a história da Igreja,pela sua capacidade de assumir explicitamente o dever do anúncio e da pregação da Palavra de Deus na missio ad gentes e nas situações mais difíceis,mostrando-se disponível também para as novas condições de evangelização,empreendendo com coragem e audácia novos percursos e novos desafios para o anúncio eficaz da Palavra de Deus.”(VD 94).

A Igreja é triunfante portanto recordo-lhes a todos nesse momento,a Vida Consagrada é um exemplo de santidade na comunidade cristã,pois a cada momento,estamos nos preparando para um encontro pessoal com Cristo Jesus.João Paulo II dizia em sua mensagem  na Vigília de Pentecostes em Maio de 1998: “Os movimentos e as novas comunidades eclesiais: eles são a resposta suscitada pelo Espírito Santo,a este dramático desafio do final deste milênio.Vós sois esta resposta providencial.” Assim caríssimos irmãos e irmãs, «As primeiras comunidades cristãs sentiram que a sua fé não pertencia a um costume cultural particular,que diz respeito igualmente a todos os homens.»(VD 92).O caminho de santidade nas Novas Comunidades,estão nesse ponto o caminho de fé e de espiritualidade no coração dos leigos a força vivida no Espírito Santo.

1-Novas Comunidades

As Novas Comunidades atuam profundamente no coração o verdadeiro caminho de uma fé renovada em sermos chamados a viver a santidade em todo instante no serviço da Igreja Católica,a alegria de servir ao Senhor,esse é o verdadeiro caminho de uma fé renovada.“A busca sincera por Jesus Cristo faz surgir a correspondente busca por diversas formas de vida comunitária.Articulada entre si,na partilha da fé e na missão,estas comunidades se unem,dando lugar a verdadeira redes de comunidades.Entre elas,encontram-se as Comunidades Eclesiais de Base e outras formas de novas comunidade,cada uma vivendo seu carisma,assumindo a missão evangelizadora de acordo com a realidade local e se articulando de modo a testemunhar a comunhão na pluralidade.” (Doc.CNBB 94,58).

2-Vida Consagrada

A Vida Consagrada,segundo o Beato João Paulo II,na sua Exortação Apostólica Vita Consecrata afirma com clareza:“A Vida Consagrada está ao serviço desta irradiação definitiva da glória divina,quando toda criatura vir a salvação de Deus (cf.Lc 3,6; Is 40,5).O Oriente cristão sublinha esta dimensão,ao considerar os monges como anjos de Deus,contida na Palavra revelada: a história dos homens caminha para o novo céu e a nova terra (cf.Ap 21,1),onde o Senhor “enxugará as lágrimas dos seus olhos não haverá mais morte,nem pranto,nem gritos,nem dor porque as primeiras coisas passaram” (Ap 21,4).” (cf.VC 27).O caminho é importante de total em que todos nós somos chamados a viver a Vida Consagrada em um chamado a Santidade,é necessário que todos nós «Eis uma verdade absolutamente certa e merecedora de fé;Jesus Cristo veio a este mundo para salvar os pecadores,dos quais sou eu o primeiro»(cf.1 Tm 1,15).

3- Comunidades: Uma Escola de Santidade

«Sede santos,porque eu,o Senhor vosso Deus,sou santo» (Lv 19,2)

Com essa passagem do Livro de Levítico logo no AT (Antigo Testamento),à santidade nos leva a experimentar o quanto que o chamado de Deus se prepara no coração dos leigos à amar mais a sua Igreja,pois é lá que a chamada “Escola de Santidade” se forma nas Novas Comunidades,no entanto os membros das Novas Comunidades, alcançam a sua formação exemplar quando “deveriam criar uma afeição especial aos Grupo de Oração Carismáticos,pois eles são o melhor terreno que elas têm para difundir,aprofundar e amadurecer a vida cristã em renovação dos fiéis.Se essas Comunidades foram criadas pelo Espírito Santo para garantir na Igreja a continuidade da teologia,da espiritualidade e das devoções ao Espírito,elas devem ter um interesse especial pelos grupos,pois eles são a presença real dos frutos da Renovação Carismática.” (cf.Pe.Alírio José Pedrini,SCJ,texto extraído do livro “A Resposta vinda do Alto Novas Comunidades Carismáticas,Editora Canção Nova,São Paulo 2012,p.37).

O sentido da vida,nas Novas Comunidades,são exemplo de santidade esse é o caminho de santidade o quanto que experimentamos no coração da Igreja precisamos levar,a Vida Consagrada também é uma das alternativas para a santidade na Igreja,caríssimos irmãos,a santidade nos chama para uma renovação espiritual de nossas vidas demonstrando que à Santidade ela é o esforço de uma vida simples,através de exemplos que muitos de nós temos a graça de viver os nossos carismas mas é preciso elevar no coração que nós que somos leigos temos um chamado a Santidade,esse é o caminho de fé e atualidade,o Papa Bento XVI, na Carta Apostólica Porta Fidei ele diz a todos nós:«A alegria do amor,a resposta  ao drama da tribulação e do sofrimento,a força do perdão diante da ofensa recebia e a vitória da vida sobre o vazio da morte,tudo isso encontra plena realização no mistério de sua Encarnação,do seu fazer-se homem,do partilhar conosco a fragilidade humana para transformar com a força da sua ressurreição»(Bento XVI,Porta Fidei 13).

Que Deus nosso Senhor,venha trazer para cada um de nós os seus ensinamentos em sua Escola de Santidade,o caminho de que a comunidade é de fato um lugar do perdão e da festa,somos chamados a vivenciar o dom de Deus e experimentar totalmente o carisma vivido nas Novas Comunidades e nos Movimentos Eclesiais,pois essa é a contribuição de um caminho que todos nós vamos viver uma nova evangelização para a transmissão da fé cristã,em preparação de uma nova forma de sermos evangelizados,Deus abençoe a todos e saibam que somos chamados a viver a santidade na Igreja Católica Apostólica Romana.Assim seja,Amém!

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado!

Joseph Charles D´Almada Batista

Comunidade Fraternidade Pequena Via-Comunidade de Aliança

Campos dos Goytacazes,02 de fevereiro de 2013,Festa da Apresentação do Senhor,Dia da Vida Consagrada.

Anúncios