“Perseverar na oração” (At 1,14)

blog3

“Voltaram eles então para para Jerusalém do monte chamado das Oliveiras,que fica perto de Jerusalém,distante uma jornada de sábado.Tendo entrado no cenáculo,subiram ao quarto de cima,onde costumavam permanecer.Eram eles; Pedro e João,Tiago,filho de Alfeu,Simão,o Zelador,e Judas,irmão de Tiago.Todos eles perseveravam unanimemente na oração,juntamente com as mulheres,entre elas Maria,mãe de Jesus,e os irmãos deles.” (At 1,12-14).

Nesse final de semana a tv Canção Nova teve a graça de transmitir o Kairós das Novas Comunidades com o tema “Perseverar na Oração”,tema citado na Bíblia no Livro dos Atos dos Apóstolos é com gratidão que Deus tem feito para todos nós que somos membros das Novas Comunidades temos a graça de ter o verdadeiro caminho de sermos perseverantes na oração.Unidos juntamente com todos os consagrados e consagradas das Novas Comunidades no dia de hoje.Na primeira pregação do evento teve como o tema “Perseverar na oração através da Palavra” o fundador da Comunidade Face de Cristo Aluízio Nóbrega ele dizia na sua pregação que A misericórdia de Deus é a resposta dele por seu amor por nós.A nossa conversão ela só acontece na oração e ali ele fez uma pergunta para cada um de nós,pra você quem é Jesus?

Já na segunda pregação,o fundador da Comunidade Doce Mãe de Deus Inaldo Alexandre pregava sobre o tema “Celebrando o dom de Deus”.Nessa pregação ele fala com muita clareza sobre as Novas Comunidades onde ali ele explicava que todos estavam no Cenáculo e todos estavam machucados e estavam aguardando a espera desse momento da vinda do Espírito Santo nesse sentido é fundamental,que as Novas Comunidades estão sempre presentes em nossas vidas,no caminho mais profundo da nossa fé e da nossa responsabilidade,entretanto o caminho de fé está sempre no caminho da nossa oração,posso dizer que as Novas Comunidades fortalecem para nós a nossa celebração de nosso dom,o importante é sentir que o caminho de Deus está sempre em nossas vidas.

Por isso,o Documento de Aparecida afirma com clareza:

“Os movimentos e novas comunidades constituem valiosa contribuição na realização da Igreja  Particular.Por sua própria natureza,expressam a dimensão carismática da Igreja: “Na Igreja não há contraste ou contraposição entre a dimensão carismática,da qual os movimentos são expressão significativa,porque ambos  são igualmente essenciais para a constituição divina do Povo de Deus”.Na vida e ação evangelizadora da Igreja,constatamos que no mundo moderno devemos responder a novas situações e necessidades da vida cristã.” (DAp 311).

Portanto as Novas Comunidades precisam ser totalmente perseverantes na oração vivenciar totalmente o seu carisma clamando ao Espírito Santo para reavivar o carisma que está diante de cada um de nós nesse momento de fé,momento de oração e principalmente a formação.Novas Comunidades são as expressões que a Igreja Católica vive no momento importante para que os fiéis leigos são chamados a vivenciar segundo o Documento de João Paulo II a Exortação Apostólica Christifideles Laici no número 30,falando a respeito da Comunhão eclesial e especialmente o caminho de fé e de profunda comunhão com o Senhor,é estar presente na vida e na oração.

“As Novas Comunidades e os Movimentos Eclesiais são chamados a este caminho de Santidade.” (Inaldo Alexandre-Comunidade Doce Mãe de Deus).

A Oração é um verdadeiro dom de Deus em nossas vidas,esse caminho de santidade faz com que todos nós estejamos sempre atentos ao caminho da nossa fé,renovando sempre o caminho de perseverar na nossa fé é importante pedir ao Espírito Santo que nos traga esse dom de celebrar os nossos caminhos de celebrarmos o dom de Deus em nossas vidas.Mas,o importante para cada um de nós é viver a graça de sermos santos,viver essa experiência de ser membro de uma comunidade,trago agora aqui um testemunho que eu tenho a todos que estão lendo esse artigo nesse blog:

Em 2006 tive uma experiência profunda fazendo um retiro espiritual de carnaval na cidade de Varre-Sai,RJ,com a Comunidade Católica Missão Malaquias,eu nunca tinha feito um retiro assim antes,mas senti que Deus tem me chamado para voltar a sua Igreja naquele ano,pois eu tinha me afastado da Igreja desde 1996 pois em 1995 eu havia perdido meu irmão em um trágico acidente de carro na proximidade de São João da Barra,RJ,quando voltava para casa,mas nesse ano de 2006 pude voltar para a Igreja mas me senti muito aliviado por voltar a minha paróquia de origem a Paróquia do Sagrado Coração de Jesus aqui na Diocese de Campos dos Goytacazes,RJ.Tive a graça de participar muitas vezes dos retiros de carnaval e nunca mais parei de fazer e até hoje há mais de 7 anos estou fazendo esse retiro.Em 20 de abril de 2009,tive a graça de entrar na Pastoral da Acolhida na mesma paróquia,recebi a autorização para participar dessa pastoral,pude compreender que quando eu iniciei o meu ministério na Paróquia,pude então compreender que me senti renovado pelo Espírito Santo sentir esse exemplo de carisma que senti dentro de mim.

Agora no ano de 2008 tive a graça de ler o livro “Novas Comunidades Primavera da Igreja”.Nesse livro pude então ter a graça de conhecer melhor o trabalho das Novas Comunidades,quando eu li a apresentação feita pelo então Arcebispo de Palmas naquela época,Dom Alberto Taveira Corrêa,hoje Arcebispo de Belém do Pará,fiquei impressionado com esse texto,e pensei comigo mesmo em querer participar de alguma comunidade,pensava muito na Comunidade Canção Nova,ou na Comunidade Shalom,para vivenciar como leigo consagrado na Comunidade de Vida ou de Aliança,e o texto da apresentação desse livro me chamou a atenção:

“Amem profundamente a Igreja,insiram-se com fidelidade na vida das Igrejas locais e sejam,como base de todo o resto,capazes do amor recíproco,que faz os homens e as mulheres de nosso tempo nos reconhecer como verdadeiros discípulos de Cristo.Como não temos,por nós mesmos,tal força,que nos seja concedido o Espírito Santo,que é por si comunhão e unidade.” (Dom Alberto Taveira Corrêa).

Pois bem,com esse texto tive a graça de contemplar o que tinha tudo em comum quando eu tive a graça no ano de 2010 após o curso Nova Vida,curso promovido e realizado pela Escola de Evangelização Santo André aqui em Campos dos Goytacazes,RJ na sede da Comunidade Aliança Eterna,tive a oportunidade de estar presente nesse sentido de uma vida mais importante em minha vida de ingressar na Comunidade Católica Fraternidade Pequena Via,o carisma da comunidade tem como sua espiritualidade a Pequena Via de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face.As Novas Comunidades para mim são as expressões em que pude então compreender o quanto fico admirado com o trabalho desse movimento importante para a minha vida.Portanto queridos irmãos e irmãs das Novas Comunidades,vamos dar essa experiência de fé e de perseverarmos na oração nos momentos em nossas vidas quando somos chamados a vivermos a santidade a todo instante em nossas vidas,que Deus sempre nos ajude a cada dia mais tornando mais o verdadeiro caminho de fé e de santidade.

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado!

Joseph Charles D´Almada Batista

Com.Fraternidade Pequena Via

Comunidade de Aliança-Campos,RJ

Anúncios

Perseverar na oração através da Palavra

“Ora,naqueles dias veio Jesus de Nazaré,da Galilèia,e foi batizado por João,no Jordão.No momento em que Jesus saiu da água,João viu os céus abertos e descer o Espírito em forma de pomba sobre ele.E ouviu-se dos céus uma voz: “Tu és o meu Filho muito amado;em ti ponho minha afeição.” E logo o Espírito o impeliu para o deserto.Aí esteve quarenta dias.Foi tentado pelo demõnio e esteve em companhia dos animais selvagens.E os anjos o serviam.Depois que João foi preso,Jesus dirigiu-se para a Galíléia.Pregava o Evangelho de Deus e dizia: “Completou-se o tempo e o Reino de Deus está próximo;fazei penitência e crede no evangelho.” (Mc 1,9-15).

Várias pessoas oravam em línguas.A leitura diária foi um tesouro é uma pérola nova,um tesouro novo.Todos nós muitas vezes,a Igreja ganha mais um intercessor,O Espírito Santo sopra na Igreja.Quando o Espírito Santo enche a gente,o Papa Francisco pede a todos a rezarem por ele e pelo Papa emérito Bento XVI.A Igreja precisava de alguém que demonstre valores.A idéia dele é que sejamos cristãos.Sem a oração não conseguiríamos nada.A Páscoa é antes de tudo morrer para o pecado,é antes de tudo morrer por nós mesmos..É deixar a maneira de ser.É a Palavra de Deus e porque a Palavra de Deus nos orienta.O número 40 significa uma geração,Jesus é um homem orante.A vida inteira de Jesus foi a tentação.A nossa vida a nós também.

Jesus inaugura sua pregação “Arrependei-vos e crede no Evangelho”.(cf.Mc 1,15).Na Carta aos Hebreus diz que “Jesus Cristo é o mesmo de ontem,hoje e sempre.” (Hb 13,8).A misericórdia de Deus é a resposta dele por seu amor por nós.A nossa conversão é a resposta da misericórdia de Deus,a conversão ela só acontece na oração.De fato,Jesus é o Senhor da nossa vida,o que ele diz é o que vale.É Deus que vai falar,é algo grandioso.